quinta-feira, 9 de abril de 2009

Desventura...

Frustra-me com sua ausência!
Nas horas em que mais de ti eu preciso...
Castiga-me com seu abandono!
E na solidão cruel e torturante...
Sofro as dores de um amor impreciso,
A quem dediquei os melhores dos meus anos.
Quisera poder voltar atrás no tempo!
E assim evitar tal desventura,
Que me leva hoje a vis sofrimentos,
E me aprisiona as rodas da tortura...
Nem mesmos os anjos perdidos do paraíso,
Seriam capazes de tal crueldade,
De condenar a viver em lamentos,
Um coração que se deu de verdade,
Que acreditava sem medos ou titubeios,
Que todo amor só trás felicidade.

Gutemberg Landi
09.04.2009

EXTRA! EXTRA! R$ 6 Milhões p/cada Deputado pela Reforma da Previdência!

Enquanto falta dinheiro para a SAÚDE, A EDUCAÇÃO, HABITAÇÃO, SANEAMENTO BÁSICO EM VÁRIOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS, para o pagamento dos ...