Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Minha Flor... Minha Filha!

Minha Flor... Minha Filha!

Deu-me Deus uma semente,
E disse-me transforme em gente,
Cuida que floresça forte,
Cubra-a de maravilhas.

Assim com muito cuidado,
A sementinha eu plantei,
Com amor e muito esmero,
Sempre eu dela cuidei.

E logo a vi florescer,
Fagueira, feliz e marota,
Cabelos encaracolados,
Olhos vivos e atentos.

Sorriso largo e expansivo,
Minha filha... Minha garota!
E foram passando os anos,
Infantis, juvenis... Adolescentes!

E eis que então derrepente,
Por um medo fui tomado,
Pois a minha sementinha,
Que foi flor, foi garotinha.

Havia se transformado,
Em uma jovem mulher,
Sonhadora como tantas,
Esperançosa de encontrar.

Um príncipe encantado,
E... Aí meu DEUS!
Eis que surge...
O NAMORADO...

Relutei em aceitar,
Mas, se com tanto amor foi cuidada,
Era assim de se esperar,
Que continuasse amada.

Só peço a Deus que permita,
Que o príncipe encantado,
Seja assim como eu fui,
Um jardineiro zeloso,
Ardoroso e amoroso...

Que trate com muito carinho
Que cubra de maravilhas,
E que nunca faça sofrer...
A minha flor... MINHA FILHA.


Gutemberg Landi
09.04.2009

Palavras Soltas Entrelinhas...: No por do Sol Da Existência!

Palavras Soltas Entrelinhas...: No por do Sol Da Existência! : No por do sol da existência, Me vem sorrindo as lembranças, Dos tempos entã...