Pesquisar este blog

Seguidores

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Análise de Conjuntura do Resultado do Primeiro Turno das Eleições Brasileiras de 2014






Os resultados da Eleição Brasileira realizada no último Domingo dia 05 de Outubro de 2014, reflete clara e ironicamente chegarem como legado das manifestações ocorridas no País a partir de Junho 2014.

Comecemos com a inusitada escolha do nome de Aécio Neves para a disputa do segundo turno Presidencial com a Presidente Dilma Rousseff, optando o povo por uma possível volta do PSDB, a maior posição política da Nação, repudiando o nome de Marina Silva talvez, por ainda identificá-la como militante Petista, isso no cenário nacional, tendo em vista que em alguns estados Brasileiros, como por exemplo, Minas Gerais, que vinha algum tempo sob o domínio Tucano, resolveu optar por um Governo Petista, passando a ser um entrave sério para o seu Ex- Governador por dois mandatos consecutivos.





No Rio de Janeiro a escolha de Bolsonaro como o Deputado mais votado, para representar o Estado no Congresso Nacional, sob a capa de uma suposta e ilibada posição que o mostra como isento de participação de toda e qualquer sujeira, mutreta e/ou trapaça, mesmo sendo explicitamente declarado como reacionário, intolerante a averso a mudanças de regime e comportamentos que hoje explodem por todo o mundo, para concluir, em São Paulo a eleição maciça na versão moralista/evangélica de Celso Russomano e Marcos Feliciano, que além de evangélicos e propostos moralistas, são também pessoas que utilizam o veículo televisivo para expressarem suas posições e gerarem suas formações de opiniões, nesse reboque paulistano de esterco eleitoral vem novamente o Palhaço Tiririca, que não é melhor nem pior que nenhum dos antes citados, apenas diferente e colorido, talvez tendo sido escolhido, para mascarar um pouco a política reacionária, improdutiva, preconceituosa e separatista, que, com certeza, se imporá no congresso nacional.



Porém em contra partida, a toda essa demonstração de ódio e repúdio ao Governo do PT, além de Minas Gerais, Aécio também enfrentará resistências em alguns importantes Estados do Nordeste Brasileiro, bem, todos os prós e contras a um e outro candidato serão julgados e decididos pelo Povo na eleição do Segundo Turno em 26 de outubro de 2014, portanto, que venha o novo Governo, quer seja em forma de reeleição com uma Dilma mais simpática, sutil, democrática, responsável, verdadeira e transparente, ou em forma de Menino Bonito e bem-criado de família tradicional mineira, porém, ausente e obscuro como político, que tem como residência fixa o Estado do Rio de Janeiro, mas, por conveniência sempre concorreu a seus cargos eletivos por Minas Gerais, que ele considerava ser seu CURRAL ELEITORAL, por onde foi eleito Senador Ausente.



O Brasil e seu real mandatário os aproximadamente hoje 202 Milhões de habitantes, esperam confiantes de que possa vir um novo tempo em suas cadeiras legislativas, executivas e judiciárias, que sejam de uma vez por todas, todos os palácios lavados, extinguindo assim toda a sujeira até o momento varrida para debaixo do tapete, que se possa ver e haver a ORDEM E O PROGRESSO impressos em sua Bandeira e cantados em prosa e verso na letra de seu Hino.



Gutemberg Landi.

07.10.2014.

Jusbrasil Newsletter. Noticias da Justiça Brasileira.

Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela continua a ser crime, conforme previsto no art. 331 do Código Pen...