quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

É NOITE DE NATAL E A PORTA DO VIZINHO ESTÁ ABERTA!







É NOITE DE NATAL
E A PORTA DO VIZINHO ESTÁ ABERTA
Por Ana Helena Tavares
É noite de Natal. A porta do vizinho está aberta.
Entrar? Desejar-lhe bons votos? Ficar no desejo?
Ah, tem a internet. Já desejei mil alegrias a milhares.
Alegrias quais?  Sorri pra eles? Vi seus sorrisos?
A porta aberta e o coração inseguro. Pra que serve minha mão?
Pra bater em teclas ou apertar outras mãos?
Fogos lá fora. Ah, tem vídeo. Mas e o olhar?
O olhar brilhando ao se erguer pro céu? Não se compara.
É noite de reflexão. Um ano passou e pra que serviu?
Pra bater cabeça ou melhorá-la?
Porta aberta. Criança ranzinza. Ganhou presente e não gostou.
Quem não ganhou? O que sobrou?
Aquele que não tem porta. Nem pra abrir nem pra fechar.
Quem te ampara? O bom velhinho ou o nazareno?
O presente ou ausente? Ah, que ladainha…
A campainha! Mas a porta tá aberta. Pra que tocar? Vou entrar!
E se ele não gostar? (Ele, o dono).
Ih, fiquei com sono. Mas tem missa. Preguiça…
Não vou nunca, por que ir hoje? Não faz sentido.
O meu vestido. Aquele bonito. Vou usar. Mas por que só hoje?
Os outros dias não o merecem? O sol também nasceu.
A porta aberta. Entrar hoje. Depois virar a cara.
Não parece boa atitude.
Fiz o que pude. Felicitei a todos. Como curtiram!
Não me viram… É o novo mundo.
Mas nascerá outro. Paz, união, essas coisas bonitas?
Sim, as luzes piscam. Mas há algo por trás delas.
Novas janelas. É a promessa de todo o Natal.
Não era comida? Peru, rabanadas, bacalhau…
Isso é normal. A porta fechou. Ninguém entrou.
Não tem problema. O futuro se faz agora.
Vou abrir a porta.
Se já estivesse aberta não tinha graça. Feliz Natal, vizinho.
Vamos confraternizar nossas famílias. Ainda há vinho.
Ana Helena Tavaresjornalista, conhecida por seu site de jornalismo político Quem tem medo da democracia?, com artigos publicados no Observatório da Imprensa e na extinta revista eletrônica Médio Paraíba. Foi assessora de imprensa e repórter dos Sindicatos dos Policiais Civis e dos Vigilantes. Universitária, entrevistou numerosas pessoas que resistiram à ditadura e seus relatos (alguns reproduzidos na Carta Capital e Brasil de Fato) serão publicados brevemente num livro.
Direto da Redação é um fórum de debates editado pelo jornalista Rui Martins.

EXTRA! EXTRA! R$ 6 Milhões p/cada Deputado pela Reforma da Previdência!

Enquanto falta dinheiro para a SAÚDE, A EDUCAÇÃO, HABITAÇÃO, SANEAMENTO BÁSICO EM VÁRIOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS, para o pagamento dos ...