quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Quinze anos sem Cássia Eller!































15 anos! A idade de uma debutante,
Garotinha que passa então a ser mocinha,
Ou quem sabe ainda é uma garotinha?

15 anos sem ela… sem Cássia Eller,
Mocinha, garotinha, mulher…

Tímida, simples, recatada, liberal,
Cantora, cantante, encantadora,
Tranquila, ardente, casual…

15 anos sem Rock, canção, melodia,
Som pesado, som leve, sinfonia…

Escândalo, privacidade, paz, tranquilidade,
Casada, liberada, sempre pruma, no trilho…
Mãe ardorosa, amorosa, sua vida, seu filho…

15 anos, sem o cantar, sem o embalar,
Do som sereno, e as vezes selvagem,
Saindo reto, sem erros, direto,
Da voz macia, sonora e rouca,
Com um certo ar de malandragem…

Enfim… 15 anos que foi encantar,
A eternidade, deixando em nós,
Grande saudade…

Que ainda hoje, ainda arde, ainda fere…
Esses quinze anos sem Cássia Eller!

Gutemberg Landi
29.12.2016


PSDB: sair da base de apoio ao governo não limparia biografia

O abandono da coalizão não livraria os tucanos da associação com Temer e poderia ser considerada como um ato oportunista pelo eleitorado ...