quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

FUNCIONÁRIOS DE VÁRIAS CIDADES AINDA ESTÃO PARADOS POR FALTA DE SALÁRIOS… E O POVO SOFRENDO POR FALTA DE ATENDIMENTO NA SAÚDE, EDUCAÇÃO E DEMAIS SETORES ESSENCIAIS.




Os recentes Prefeitos eleitos, nas maiorias dos Municípios Brasileiros, tomaram posse, com uma herança de dívidas exorbitantes deixadas por seus antecessores, incluindo nessas dívidas, o atraso de pagamento de salários e Décimo Terceiro dos Funcionários. 
Fato que, levou esses funcionários, a um processo de greve.



Porém, a partir do momento do início de novos Governos, os Comandos de Greve dos Municípios que estão passando por essa situação, deveriam convocar uma assembleia com os funcionários e representantes do(s) novo(s) Governo(s), e, assim chegar a um acordo de que as negociações continuem, entre o comando de greve e os representantes do(s) Governo(s), e os funcionários, voltarem a exercer suas funções, para que ao menos a população, não fique mais prejudicada do que já foi e está, devido as irresponsabilidades dos 
Prefeitos e demais autoridades que deixaram o governo.

Em Belford Roxo, RJ, hoje mesmo teve uma manifestação na Secretaria de Educação, onde os funcionários cobravam seus salários, estão errados? Não! Só que, o atual Prefeito, não foi o culpado por este fato, e, se os alunos ficarem sem aula, e/ou, ainda a Secretaria parar de funcionar em todos os seus setores, haverá atraso nas renovações de matrícula, e, nos demais serviços de atendimento ao público, que nada tem a ver com isso.

Portanto, com certeza, para que as Cidades, voltem a atender seus habitantes/contribuintes, há, a necessidade, dos responsáveis pelo atendimento ao público, voltem a exercer as suas devidas funções, reabrindo, mesmo que precariamente as Policlínicas, postos e demais unidades de saúde, Escolas, Creches, setor de IPTU, Meio Ambiente, SERVIÇO PÚBLICO (RESPONSÁVEL PELA COLETA DE LIXO URBANO), Sub Prefeituras, enfim, entender que o cargo de SERVIDOR PÚBLICO, significa: AQUELE QUE SERVE AO PÚBLICO.


E, confiar em seus Presidentes e Diretores de associações de funcionários, sindicatos, e demais órgãos representativos da classe, continuem junto ao Governo que assume, suas negociações, levando as informações de propostas e acordos, para os funcionários, só assim, os novos Prefeitos e seus assessores, terão condição de dar incio a um trabalho, lembrem-se que para as máquinas funcionarem, há a necessidade das principais engrenagem estarem ligadas entre si. Se assim não for, o caos será maior, e a população, acabará por tomar a decisão de partir para denúncias e criticas, e nada é ou poderá ser bom se começar mal.

Gutemberg Landi
04.01.2017

EXTRA! EXTRA! R$ 6 Milhões p/cada Deputado pela Reforma da Previdência!

Enquanto falta dinheiro para a SAÚDE, A EDUCAÇÃO, HABITAÇÃO, SANEAMENTO BÁSICO EM VÁRIOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS, para o pagamento dos ...