Pesquisar este blog

Seguidores

sábado, 8 de abril de 2017

E AI? CONFIAR EM QUEM?





Brasil, ano 2017, século 21, politicamente desavergonhado, desgovernado, (literalmente falando|), ou sejam sem governo, sem rota, sem rumo, sem destino, ou quem sabe, com um destino, infame, destroçado, infectado de uma doença mais do que perniciosa, podemos dizer até, infeciosa de uma mazela, nojenta, escabrosa e maligna, chamada CORRUPÇÃO. É falta de ética, respeito, transparência e vergonha, em todos os setores que deveriam, estar, prestando serviços ao povo, nos Estados, nos municípios, enfim… No Pais.
E isso, sendo eleitos, ou não. É Presidente, acusado de participação em roubos do erário, que veio da participação como Vice, de dois mandatos junto a uma anterior Presidente, que teve seu Impeachment, orquestrado e sugerido indiretamente, por seu parceiro de chapa em duas campanhas eleitorais, e que hoje, com uma total falta de decência, considerando o povo, um “BANDO DE IDIOTAS”, nega categoricamente, que tinha e/ou teve, conhecimento e participação em “DOAÇÕES DE CAMPANHAS”, POR MEIOS ESCUSOS, ou seja, ele quer colocar-se apenas como vaca de presépio de sua anterior companheira de dois mandatos, inocente útil.

Temos, ainda, presidente do Senado, da Câmara Federal, Deputados, Senadores, Governadores de Estados, Deputados Estaduais, Prefeitos, Vereadores, Ministros, muitos, (praticamente em sua maioria), acusados, denunciados, indiciados (preso) no caso do Estado Do Rio De Janeiro, onde parece, não há dúvidas da ROUBALHEIRA E FORMAÇÃO DE QUADRILHA, por um Governador, que ocupou por dois mandatos ao cargo de maior autoridade do Estado, e, além de estar preso como um criminoso comum, da pior espécie, ainda deixou seu antigo parceiro de dupla governamental, em uma situação de total incapacidade de Governar, o segundo maior Estado da União, por falta de verbas, verbas estas desviadas, roubadas, retiradas ilicitamente, pelo então nobre SENHOR SÉRGIO CABRAL, QUE ALÉM DE TUDO, JOGOU NA LAMA, UM NOME DA MAIOR IMPORTÂNCIA, CULTURAL E JORNALISTA DE SEU SAUDOSO PAI.

Palavras Soltas Entrelinhas...: No por do Sol Da Existência!

Palavras Soltas Entrelinhas...: No por do Sol Da Existência! : No por do sol da existência, Me vem sorrindo as lembranças, Dos tempos entã...